"revistach"

Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista de Ciências Humanas (RCH) – Educação tem como missão socializar a produção de estudos e pesquisas científicas, de caráter teórico ou empírico, na área de Ciências Humanas como foco em Educação. 

Na sua política editorial, a RCH define-se como uma publicação eletrônica que se dedica à publicação de artigos da comunidade científica nacional e internacional que investiguem questões de interesse do campo das Ciências Humanas e da Educação, abrangendo, portanto, temáticas relevantes, atualizadas, de cunho científico e empírico de interesse da comunidade científica, a qual o periódico se destina.

Como objetivos, a RCH visa a promover, na comunidade acadêmica, reflexões científicas relacionadas à área de Ciências Humanas, as quais abordem temáticas inerentes ao campo educacional, envolvendo  tópicos da educação básica ao ensino superior. Objetiva também  contribuir na formação do pesquisador da área de Educação cuja base teórica esteja no eixo das Ciências Humanas, por meio da divulgação e disseminação de investigações concluídas e ou em andamento, por educadores, vinculados a instituições nacionais e internacionais.  

Criado em 2000 e vinculado ao Programa de Pós-Graduação stricto-sensu em Educação, sendo  sediado na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, câmpus de Frederico Westphalen- RS (PPGEDU/URI-FW), o periódico tem por objetivo divulgar a produção científica na área de Ciências Humanas, como foco na Educação, estimulando o diálogo e o debate.

A periodicidade da revista foi de 2000, ano de sua criação, até 2016 (fechamento do quadriênio de Avaliação de Stricto Sensu da CAPES), semestral. A partir de 2018 a edição passou a ser quadrimestral, por conta do aumento da demanda de artigos encaminhado ao periódico.

A RCH publica artigos de pesquisadores oriundos de programas de Pós-Graduação stricto sensu nacionais e internacionais que desenvolvam investigação na área de Educação, tendo como foco os seguintes eixos temáticos: Políticas Públicas e Gestão da Educação; Novas Tecnologias e Educação; Docência e Direito Educativo; Processos Educativos e Práticas Pedagógicas; Formação de Professores; Internacionalização e Educação Superior; Políticas Educacionais.

LINHAS DE PESQUISA

- Inovação e Tecnologias na Educação Superior

  • Estuda e pesquisa, as inovações tecnológicas em diferentes dimensões como: na organização de cursos, nos currículos, nas metodologias e na avaliação. Analisa a inserção das Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação no contexto da Educação Superior e a importância que assumem na formação universitária e na produção de conhecimento. Pesquisa a especificidade do ensino e aprendizagem nas questões relacionadas a educação tecnologias, ensino híbrido e o protagonismo dos participantes em cursos com o uso de tecnologias diversas, além do impacto dessas ações na cultura universitária.

- Processos de Docência, Emancipação e Direito Educativo

  • A Linha busca debater os processos de docência, da formação as práticas pedagógicas, entendendo ser esse um espaço de debate e emancipação. Investigação da formação de professores como processo permanente, em uma perspectiva crítico-reflexiva. Discussão sobre a formação inicial e continuada de professores da escola básica e do ensino superior e as dimensões do trabalho docente (técnica, política, estética e ética). Explora as concepções e tendências presentes nas propostas de formação, debatendo as questões históricas e sociais aí implicadas. Caracterização, organização e gestão dos espaços formais e não-formais na promoção da aprendizagem e emancipação dos sujeitos em diferentes fases de desenvolvimento humano, considerando os fundamentos legais específicos. Análise de estratégias de intervenção e animação sociocultural e produção de pesquisas que contribuam para a compreensão e realização dessas práticas.

- Direitos Humanos, ética e educação

  • A linha se propõe discutir e investigar questões referentes  as relações humanas, partindo de valores como educação, ética e emancipação, buscando compreender os direitos humanos como processo de evolução social evidenciando-o como conquista histórica e, ao mesmo tempo, como um conjunto de direitos que atuam em âmbitos diferentes, mas são interdependentes. Busca também, refletir o papel da escola na construção de uma cultura dos direitos humanos, pensando em uma educação para a emancipação, na perspectiva do fortalecimento de uma democracia inclusiva e participativa e da afirmação e reconhecimento das diferenças culturais.

 

- Pedagogia Universitária no território ibero-americano

  • Investigar os processos pedagógicos e formativos da Educação Superior no contexto histórico de América Latina e Península Ibérica. Visa refletir sobre a formação do profissional na área de Ciências Humanas tendo como objeto de estudo a educação formal e não–formal; as Tecnologias Digitais  de Informação e Comunicação; Práticas e Processos Educativos e Inovadores; Formação de Professores e Gestão Educacional Escolar e de Educação Superior.

Vale a pena ressaltar que a produção encaminhada ao periódico é avaliada por pares, Qualis/CAPES: B3- Ensino e Qualis/CAPES: B4 - Educação.

  • Área do Conhecimento: Ciências Humanas
  • Ano de fundação: 2000
  • Título abreviado: Rev. Ciências Hum. – Ed. (RCH - Educação)
  • e-ISSN1981-9250.
  • E-mail: rhumanas@uri.edu.br

A cobertura temática da RCH, considerando a codificação de acordo com a classificação do CNPq é:

 

7.08.00.00-6 Educação 

7.08.03.00-5 Planejamento e Avaliação Educacional 

7.08.03.01-3 Política Educacional 

7.08.03.02-1 Planejamento Educacional 

7.08.03.03-0 Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais 

7.08.04.00-1 Ensino-Aprendizagem

7.08.04.02-8 Métodos e Técnicas de Ensino 

7.08.04.03-6 Tecnologia Educacional

7.08.04.04-4 Avaliação da Aprendizagem 

7.08.05.00-8 Currículo 

7.08.05.02-4 Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação  

  

7.08.07.00-0 Tópicos Específicos de Educação 

7.08.07.01-9 Educação de Adultos 

7.08.07.02-7 Educação Permanente 

7.08.07.03-5 Educação Rural 

7.08.07.04-3 Educação em Periferias Urbanas 

7.08.07.05-1 Educação Especial 

7.08.07.06-0 Educação Pré-Escolar 

7.08.07.07-8 Ensino Profissionalizante 

 

O periódico recebe artigos, resenhas, notas de leitura, documentos históricos, relato de experiências, pesquisas, dentre outros.

 

A produção cientifica é de responsabilidade exclusiva dos autores, as opiniões e julgamentos neles contidos não expressam necessariamente aqueles relativos à Comissão Editorial. Como a avaliação dos manuscritos é feita às cegas quanto à identidade dos autores, é de responsabilidade destes a verificação para que não haja elementos capazes de identificá-los em qualquer parte do texto. A Revista de Ciências Humanas não se responsabiliza por procedimentos dos autores que não respeitem esta norma.

Os trabalhos a serem submetidos nas seções da RCH devem ser originais, inéditos, de reconhecido interesse acadêmico, e não podem ter sido simultaneamente submetidos a outras revistas especializadas.

 

Políticas de Seção

Editorial

Apresentação do n° da Revista

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê

A seção dossiê integra artigos inéditos e originais que atendam a temática estabelecida pelo Conselho de Política Editorial para cada volume da Revista de Ciências Humanas.

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Espaço aberto

A seção outros textos inclui artigos inéditos e originais de temática ligada a políticas educacionais e formação docente, não necessariamente vinculado ao tema do número.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas e debates

A seção entrevistas e debates congrega entrevistas e/ou debates inéditos com/entre docentes e pesquisadores nacionais e internacionais de interesse da área de políticas educacionais, gestão educacional, formação docente e práticas educativas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Legislação comentada

A seção legislação comentada inclui artigos inéditos e originais sobre a legislação educacional vigente.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

A seção resenhas compõe-se de resenhas críticas inéditas e originais de um livro ou um filme ou um congresso nacional ou internacional na área de Educação com enfoque na formação docente ou política educacional.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Divulgação de defesas de dissertações

A seção divulgação de defesas de dissertações e teses compõe-se de resumos e datas de qualificações e defesas das dissertações e teses na área de Educação de discentes e docentes da URI.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Traduções

A seção traduções consiste na tradução de artigos na área de Educação já publicados em periódicos internacionais. Os artigos devem ser inéditos e em português ou espanhol.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Transcrição

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Relato de Experiência

A seção Relato de Experiência integra textos de comunicações e descrições de atividades realizadas no campo da Educação que atendam a temática estabelecida pelo Conselho de Política Editorial para cada volume da Revista de Ciências Humanas.

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos dos Grupos de Trabalho do Simpósio Nacional de educação

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Documento Histórico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Avaliadores

Folhas Iniciais da Revista de Ciências Humanas

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Trabalho Destaque

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos, entrevistas e traduções são apreciados pelo editor científico, dois consultores ad hoc e, em caso de pareceres antagônicos, pela Comissão Editorial Científica. São considerados para avaliação apenas os trabalhos que atendem às normas da revista e que são encaminhados pelo sistema eletrônico de acesso ao periódico.

A Revista aceita resenhas elaboradas por mestrandos e doutorandos na área da Educação, de obras lançadas nos últimos cinco anos com orientadores na função de coautor.

O editor científico, eleito pelo Conselho de Política Editorial da Revista de Ciências Humanas, realiza pré-avaliação dos artigos, entrevistas e traduções com objetivo de verificar se os trabalhos submetidos ao periódico atendem a políticas editoriais da revista. Os trabalhos aprovados pelo editor científico são encaminhados para apreciação de, no mínimo, dois consultores ad hoc.

O consultor ad hoc é indicado tanto pelo Editor quanto pela Comissão Editorial Científica e aprovado pelo Conselho de Política Editorial para emitir parecer sobre um dado artigo submetido para uma das seções de uma Revista de Ciências Humanas.

Os textos são analisados pelo sistema duplo cego, garantindo-se o anonimato de autores e consultores ad hoc no processo de avaliação. Quando há pareceres distintos quanto à recomendação de publicação, o editor indica um terceiro membro  da Comissão Editorial Científica para avaliar o trabalho, mantendo-se o anonimato do(s) autores.

Além disso, no processo de controle de qualidade das publicações, a RCH, em caso de indicações de avaliadores ou na pré-avaliação de trabalhos, pode submetê-los a sistemas eletrônicos de verificação de plágios. Caso haja identificação de plágio, o autor do texto é notificado. Texto com comprovações de plágio não são aceitos para publicação.

Os consultores AD HOC são doutores e com produção científica na área de Educação e de diferentes instituições de Ensino Superior do Brasil e da América Latina. Eles avaliam os textos e emitem parecer descritivo atendendo aos seguintes critérios: originalidade, relevância e ineditismo do tema; contribuição para a área educacional; qualidade técnica, do texto e da apresentação e adequação teórico-metodológica. O texto pode ser devolvido ao(s) autor(es), caso os consultores ad doc sugiram mudanças e/ou correções. Em caso de divergência de pareceres dos consultores ad hoc, o texto é encaminhado à Comissão Editorial Científica.

A Comissão Editorial Científica é constituída de, no mínimo, dez membros com titulação mínima de doutorado e produção científica na área de educação com ênfase em formação de professores e/ou políticas educacionais oriundos de diferentes instituições de ensino superior com programas de pós-graduação stricto sensu em educação brasileiras e de outros países de língua portuguesa e/ou espanhola.

A RCH possui um sistema de identificação de originais, por meio de verificador de plágio.

A aceitação final depende dos seguintes critérios: recomendação dos consultores ad hoc e dos editores; efetivação dos ajustes necessários pelo(s) auto(es) quando indicados pelos avaliadores ou editores; adequação às normas da revista.

 

Periodicidade

Periodicidade: Quadrimestral (a partir de 2018).

Demais seções da revista: fluxo contínuo

 Os interessados em participar com publicações em uma das seções da Revista de Ciências Humanas (dossiês; outros textos; entrevistas; legislação comentada e resenhas) devem enviar seus artigos diretamente pelo SEER, para a avaliação por pares. As normas de publicação e outras informações pertinentes podem ser acessadas em SOBRE da Revista.

 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público, proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Taxas para submissão e publicação de textos / Fees for submission and publication of texts

Revista de Ciências Humanas - RCH, não cobra nenhuma taxa por textos publicados e tampouco pelos submetidos para avaliação, revisão, publicação, distribuição ou download. A publicação é totalmente gratuita.

 

Declaração de Ética na Pesquisa e Boas Práticas

A Revista de Ciências Humanas - Educação (URI/FW), ISSN eletrônico 1981-9250, dedica-se a cumprir as boas práticas no que diz respeito à conduta moral condizente com a editoração cientifica de periódicos. A prevenção da negligência também é uma responsabilidade crucial do editor e da equipe editorial: qualquer forma de comportamento antiético, bem como o plágio em qualquer instância, não é aceito na RCH - Educação. Os autores que enviam artigos para a revista declaram que seu conteúdo é original e garantem que o trabalho não foi publicado nem está em processo de revisão/avaliação em nenhum outro periódico. Em cada número.

Fonte: Declaração baseada na revista Internacional de Educação Superior (UNICAMP)

 

Qualis/CAPES (Avaliação)/Evaluation (2013-2016)

•  Vale a pena ressaltar que a produção encaminhada ao periódico é avaliada por pares, Qualis/CAPES: B4 - Educação

 

Ahead of Print (AOP) - Publicação Avançada

RCH adere à modalidade de Publicação Avançada de Artigos (PAA) ou Ahead of Print (AOP)

 Informamos que a Revista de Ciências Humanas – RCH passa a adotar a partir deste momento a prática de Publicação Avançada de Artigos (PAA), conhecida também como Ahead of Print (AOP). Essa medida minimiza o problema do tempo de publicação entre o aceite a divulgação do artigo aprovado, justamente pela grande demanda de submissões recebidas pela Revista. Também consideramos uma forma de dar visibilidade e ampliar o acesso aos artigos já arbitrados, independentemente de sua editoração e formatação para a edição final.

Destacamos que essa modalidade está sendo amplamente empregada em muitos periódicos nacionais e estrangeiros que querem antecipar a publicação de seus artigos e pesquisas já aprovados pelos referees. Haja vista que a morosidade do retorno de pareceres é um dos problemas enfrentados quando o artigo está em processo de avaliação, tal prática vem possibilitar o Editor a agilizar os trabalhos já avaliados e editorados, cabendo a ele fomentar esses dados para divulgação e viabilizá-los para as estatísticas de sua publicação.

Portanto, vale dizer que é vantagem tanto para o periódico realizar a PAA quanto para o autor, pois problemas com o fluxo de editoração são minimizadas e quanto mais rápido os artigos forem indexados nas bases de dados e índices de citação nacionais ou internacionais, como por exemplo, o Google Acadêmico, mais rapidamente será disponibilizado os dados de pesquisa para acesso e citação.

Dessa forma, informamos aos nossos leitores e autores, que a partir da primeira edição de 2017 estaremos adotando a modalidade PAA/AOP como uma nova seção da revista.

 

DOI - Digital Object Identifier

A partir de 2018, a Revista de Ciências Humanas adquiriu o seu número do DOI. Sendo assim, a RCH identifica seus artigos através deste número.

 

INDEXADORES

CAPES

LATINDEX

LivRe

DOAJ

 

Em avaliação:

Edubase

ICAP

BBE