AS DIMENSÕES DA CULTURA NA PRODUÇÃO DE SIGNIFICADOS NO CURRÍCULO ESCOLAR: UM OLHAR TEÓRICO / THE DIMENSIONS OF CULTURE IN THE PRODUCTION OF MEANING IN THE SCHOOL CURRICULUM: A THEORETICAL VIEW

Cátia Keske

Resumo


Inúmeros têm sido os debates acerca das questões que envolvem o currículoescolar, reconhecidas a diversidade cultural e a multirreferencialidade teórica que perpassam os processos educativos. Em (des)continuidades teóricas e metodológicas, o currículo vem sendo articulado às questões culturais, econômicas, políticas e sociais das diferentes épocas, sempre permeado pelas relações de poder que circulam nessas esferas. A questão que se
impõe é como os currículos vêm sendo organizados e se têm alcançado as especificidades e demandas dos diferentes sujeitos que lhes dão vida, “praticando-os”. No presente texto procura-se problematizar as dimensões do currículo escolar a partir das teorias curriculares, principalmente das teorias pós-críticas na perspectiva pós-estruturalista em autores como Henry Giroux, Peter McLaren, Tomaz Tadeu da Silva e Gimeno Sacristán, quanto aos discursos produzidos sobre “currículo” e “cultura”. A cultura é ainda conceituada a partir dos autores Stuart Hall, Beatriz Sarlo e Nestor Garcia Canclini, estudiosos da cultura e teóricos dos estudos culturais.

Palavras-chave


Currículo. Cultura. Teorias Curriculares.

Texto completo:

PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais




(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter