POLÍTICAS INSTITUCIONAIS DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA: TAREFA DE QUEM?

Edite Maria Sudbrack

Resumo


O estudo problematiza as políticas institucionais de formação pedagógica para a docência no ensino superior. O trabalho advoga a dupla face do fazer docente: ciência especifica e ciência pedagógica, enquanto possibilidade metodológica e epistemológica. Investiga a contribuição da formação pedagógica no ensino de qualidade, a partir de uma Política Institucional. O estudo baliza-se pelos pontos de vista teóricos que sustentam a área da formação de professores no Brasil e no Exterior. A pesquisa inscreve-se numa abordagem qualitativa e descritiva, utilizando-se de Grupo Focal, entrevistas semiestruturadas e análise documental. Postula-se uma pedagogia universitária focada na aprendizagem com pesquisa, ensejando respostas ao novo contexto de mudanças por que passa a sociedade e a instituição de ensino superior.

Palavras-chave


Pedagogia universitária. Docência. Política Institucional.

Texto completo:

PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais




(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter