A CULTURA DIGITAL E A FORMAÇÃO DO LEITOR LITERÁRIO NA BNCC: ELEMENTOS PARA REFLEXÃO

Analigia Miranda da Silva, Michelle Mittelstedt Devides, Bruna Janine Caballero Bezerra de Melo

Resumo


O presente artigo tem por objetivo compreender como a BNCC na área da Linguagem, Componente Curricular Língua Portuguesa (anos finais do Ensino Fundamental) – aborda a formação do leitor a partir da consideração da cultura digital e das Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação. Em consideração ao contexto contemporâneo, permeado pelas tecnologias digitais, a proposta da BNCC de Língua Portuguesa organiza os seguintes eixos de integração que envolvem as práticas de linguagem: leitura, produção de textos, leitura literária, oralidade e análise linguística/semiótica. Os eixos relacionam-se com práticas de linguagem situadas e organizadas por campo de atuação. Delimitou-se para essa análise o eixo da leitura literária. A partir dessa definição na BNCC, considera-se a organização por campos de atuação, dentre eles escolhemos o campo artístico-literário. Os resultados do estudo indicam que as práticas contemporâneas de leitura e escrita são expressas por novos gêneros e produções textuais com características multissemióticas e multimidiáticas, o que revela a necessidade de o aluno compreender estas novas práticas de (multi) letramento (s), assim como seja capaz de ter uma postura ativa e construtiva, se constituindo em leitor e produtor de literatura de forma crítica e artística.


Palavras-chave


Formação do leitor; Tecnologias Digitais; BNCC.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista de Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter