O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E A NÃO DECLARAÇÃO DO DIREITO À EDUCAÇÃO PREVISTO PELA EMENDA CONSTITUCIONAL 59/2009

Vanessa Campos de Lara Jakimiu

Resumo


O presente estudo traz uma discussão acerca do Estatuto da Criança e do Adolescente e sobre a não declaração do direito à educação previsto pela Emenda Constitucional 59/2009 no referido dispositivo. Neste sentido, o estudo tem como objetivo analisar como a falta da incorporação dos preceitos da Emenda Constitucional 59/2009 pelo Estatuto da Criança e do Adolescente impede a afirmação do direito à educação. Metodologicamente o estudo adota os moldes da pesquisa documental estando a base empírica da investigação demarcada pela análise de documentos de fontes escritas públicas contemporâneas constituídas de leis. Do estudo empreendido conclui-se que a declaração do direito é condição primeira para a sua efetivação.


Palavras-chave


Direito à Educação. Emenda Constitucional 59/2009. Estatuto da Criança de do Adolescente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Revista de Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter