A IMAGINAÇÃO NARRATIVA NA PERSPECTIVA DE MARTHA NUSSBAUM: EDUCAÇÃO DAS EMOÇÕES E FORMAÇÃO HUMANA

Altair Alberto Fávero, Camila Chiodi Agostini, Elia Maria Leandro Uangna

Resumo


O presente texto tem por escopo analisar de que forma a educação das emoções e a imaginação narrativa podem se tornar potencialmente produtivas para constituir uma concepção alargada de formação humana. Para a filósofa americana Martha Nussbaum (2015; 2014; 2013; 2012; 2005) o ensino da literatura e das artes pode estimular a compreensão de diversas formas de vivências, desenvolver o “olhar interior” dos alunos, que os ponha em contato com questões de gênero, raça, etnia e cooperação transcultural. O artigo procurará responder satisfatoriamente a seguinte questão: Por que a educação das emoções e a imaginação narrativa podem se tornar produtivas para construir uma concepção alargada de formação humana? Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório e bibliográfico, ancorado no método analítico-hermenêutico. Na primeira seção do texto será abordado o enfoque das capacidades e a ideia de uma noção alargada de educação; na segunda seção tratará do papel imaginação narrativa como pilar básico do cultivo da humanidade e de que forma a literatura pode contribuir para o desenvolvimento da imaginação narrativa; por fim, a última seção tratará da relação entre educação das emoções e formação humana.


Palavras-chave


formação humana; imaginação narrativa; teoria das capacidades; educação democrática

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista de Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter