O PARADIGMA INSTRUMENTAL/BUROCRÁTICO COMO DELINEADOR DA EDUCAÇÃO GAÚCHA / THE INSTRUMENTAL/BUREAUCRATIC PARADIGM AS DELINEATOR OF THE GAUCHO EDUCATION

Claudionei Vicente Cassol

Resumo


A Educação da rede pública estadual do Rio Grande do Sul está assentada sobre pilares teóricos alinhados com o paradigma hoje hegemônico da instrumentalização. A administração cerca-se desse ardil através da burocracia para distanciar os sujeitos das instâncias de decisão e elaborar políticas que, diretamente dos gabinetes palacianos, são outorgados para o conjunto das escolas da rede, impedindo a construção da autonomia cidadã e fortalecendo um modo centralista e controlador de governar. Ocorre um enfraquecimento da cidadania e a educação continua caminhando para a tecnificação da sociedade que contenta-se com essa superficialidade: afastar a educação da política ou despolitizar as relações educacionais fazendo a pedagogia serva do capital. Essa lógica é histórica e tem pautado seguidas gestões da rede, conforme observações possíveis a partir da legislação vigente.

Palavras-chave


Educação, Instrumentalização, Burocracia, Poder, Rede Pública Estadual.

Texto completo:

PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais




(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter