“PALMAS PARA MULHERES MIL” EM COMUNIDADES QUILOMBOLAS E A PARTICIPAÇÃO DO IFPR

MARCIA BERALDO LAGOS, Maria de Lourdes Bernartt

Resumo


O artigo apresenta resultados de pesquisa realizada com mulheres moradoras da Comunidade Quilombola, por intermédio da participação destas no Projeto de Extensão “Palmas para Mulheres Mil” realizados pelo Instituto Federal do Paraná – Campus Palmas-PR. Este foi embasado no “Programa Nacional Mulheres Mil”, com perspectiva de gênero, visando inclusão educacional, produtiva e social de mulheres em situação de vulnerabilidade social. Para isso, realizou-se uma pesquisa documental e de campo exploratória.  Os dados foram coletados em documentos do MEC/SETEC/IFPR e a partir de entrevistas semi-estruturada com as mulheres, a Coordenação local, a Direção e docentes do Projeto, respectivamente. Os resultados demonstraram que o projeto proporcionou parcialmente a elevação de escolaridade e a autoestima das participantes - mulheres quilombolas.

Palavras-chave


Educação; Gênero; Políticas Públicas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.