Representações sociais sobre educação ambiental e objetivações em práticas pedagógicas no ensino fundamental

ADRIANA MARIA AVILA, EDIVAL SEBASTIÃO TEIXEIRA

Resumo


O artigo relata uma investigação desenvolvida na Rede Municipal de Ensino de São Lourenço do Oeste, Santa Catarina, cujos objetivos foram conhecer ações de Educação Ambiental desenvolvidas pelas professoras da rede; identificar suas representações sociais sobre Educação Ambiental e os modos pelos quais elas se objetivam. A metodologia caracterizou-se pela abordagem qualitativa. Os instrumentos de coleta de dados foram: um questionário de evocação livre, entrevista semiestruturada e pesquisa documental. Os dados resultantes do questionário de evocação livre foram analisados através da abordagem estrutural da Teoria das Representações Sociais. Os dados resultantes da entrevista e da leitura dos documentos orientaram-se pela Análise de Conteúdo. Os resultados obtidos sugerem que as participantes do estudo representam socialmente Educação Ambiental como um conjunto de práticas educativas que visam conscientizar para a preservação dos recursos naturais e capacitar o indivíduo a desenvolver atitudes sustentáveis.


Palavras-chave


Educação Ambiental. Representações Sociais. Práticas Pedagógicas.

Texto completo:

PORTUGUÊS ESPANHOL

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Ciências Humanas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br