A PRÁTICA PEDAGÓGICA REFLEXIVA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Arnaldo Nogaro, Idanir Ecco, Henriqueta Alves da Silva

Resumo


O texto ora apresentado resulta de uma revisão de literatura com o objetivo de pensar a importância da reflexão ou do exercício reflexivo da prática por parte do professor que atua na educação infantil. Como esta etapa da escolaridade tem tido reconhecimento legal em período de nossa história recente muito há que se debater, discutir e pesquisar sobre a mesma. Também há lacunas na formação de professores para serem resolvidas. Evidenciam-se práticas que se reproduzem e repetem sem um crivo mais acurado da crítica, demandando que se pense em um professor com formação adequada, saberes rigorosos e um trabalho pedagógico sustentado no planejamento e orientação segura, possibilidades estas de serem atingidas quando rompermos com o espontaneísmo e medidas paliativas sobre esta etapa da escolaridade. Procura-se demonstrar como chegar a isso por meio deste texto, cuja arquitetura remete a breve contextualização da educação infantil, abordagem da relação teoria-prática e, por fim, insiste-se na urgência da formação de um professor reflexivo e da instituição de práticas pedagógicas reflexivas como alternativas para se qualificar os processo de ensinar e aprender na educação infantil.


Palavras-chave


Educação Infantil. Práticas educativas. Infância. Professor.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais




(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter