A PRESENÇA CABOCLA NO MÉDIO ALTO URUGUAI

Wilson Olkoski

Resumo


Neste texto, discorreremos sobre a presença dos caboclos
na região do Médio Alto Uruguai – RS. Nosso objetivo é identificar o seu papel na questão da colonização da região. Partimos do pressuposto de que a presença dos caboclos, nesta região, antecedeu aos migrantes. Ainda, que aqueles participaram ativamente do processo de colonização, contribuindo em várias atividades e que, por força da legislação agrária e do desenvolvimento do capitalismo e suas relações sociais, aos poucos foram expulsos e/ou excluídos do Médio Alto Uruguai. Nossa análise e interpretação se fundamentam na documentação expressa em correspondências, relatórios, fotos e mapas existentes na Inspetoria de Terras de Frederico Westphalen, bem como em depoimentos de migrantes e/ou descendentes de caboclos.



Texto completo:

PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais




(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter