A POSSIBILIDADE DE SER LIVRE E A QUESTÃO DO DESTINO - BUSCANDO O EQUILÍBRIO ENTRE O DECISIONISMO E O FATALISMO

Livio Osvaldo Arenhart, Amabilia Beatriz Portela Arenhart

Resumo


O propósito deste artigo é articular a crença no destino e a
possibilidade existencial de tornar-se livre. Sustenta uma posição de
equilíbrio entre o decisionismo e o fatalismo. Aquilo que vem ao sujeito pode não resultar de suas ações e decisões; portanto, pode lhe ser imposto como destino. Mas o modo como este é interpretado depende sempre do sujeito.

Texto completo:

PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais




(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter