PRÀTICA CRIATIVA E INOVADORA NO PROCESSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA

Maria José de Pinho, Maria José da Silva Morais

Resumo


Este artigo objetivou identificar, por meio de documentos e relatos de professores da Secretaria Municipal da Educação de Palmas - TO, os indícios de prática criativa e inovadora no processo de formação continuada dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental. Este trabalho caracteriza-se como abordagem qualitativa, com caráter exploratório. Os procedimentos técnicos adotados para a realização deste estudo incluem revisão bibliográfica, análise documental e pesquisa de campo (entrevistas). Muitos estudos vêm sendo realizados sobre a formação continuada de professores, sobretudo no que se refere às práticas pedagógicas educacionais que os sistemas de ensino desenvolvem para efetivação dessa formação, haja vista que a sociedade contemporânea reivindica constantemente mudanças na prática educativa brasileira. Dessa forma, é fundamental que haja transformações nas práticas metodológicas, que estas incorporem a criatividade no processo de ensinar, sendo imprescindível a percepção docente, que o conhecimento é um contínuo aprender. Nesse contexto, deduz-se que são imprescindíveis práticas pedagógicas pautadas na dimensão global do sujeito. Portanto, ao investigar as experiências pessoais e educacionais de professores, buscou-se evidenciar a memória e a subjetividade desses sujeitos, no sentido de desvelar possibilidades de ações criativas e inovadoras no processo educacional.


Palavras-chave


Memória de professores. Inovação e criatividade nas práticas pedagógicas. Formação continuada. História oral.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais




(c) Rev. Ciênc. Hum. Educ., Frederico Westphalen - ISSN 1981-9250.

Qualis/CAPES: B4 - Educação e B3 - Ensino

Prefixo DOI: 10.31512

E-mail: rhumanas@uri.edu.br

 

 * Contagem iniciou em 28/04/2019.

Flag Counter